Março 2009


Este livro fala de um rapaz que, por sinal, não é muito bom aluno, pois  no final do último período tira 5 negativas. O rapaz de que vos falo tem o nome de Alberto, mas, como ele não gosta  do nome, alguns amigos chamam-lhe Berto, mas outros tratam-no por ESTICLA!!  Ah!! A alcunha “Esticla” só começou porque o Berto só tem 13   anos, mas já mede 1, 35 metros de altura; já para não falar que ele é muito magro, até estranhou ainda não  lhe terem chamado esqueleto. O Berto é um rapaz muito simpático e divertido. Ele não tem a vida muito fácil porque os pais estão separados, por isso   ele passa uma semana em cada um. Agora vou levar-te um capítulo da história que eu achei muito   engraçado, e que tem o título de ” O atraso “. Foi na semana em que Berto foi para a casa do pai. Era segunda-feira de   manhã e o Berto tinha de ir para a escola mas, de repente, o telefone toca e ele vai atender. Que terá acontecido?
Quem seria a pessoa que ligou para a casa do pai do Berto? O que terá dito essa pessoa? Lê este livro e descobrirás as respostas às perguntas que te coloquei!!! Vais adorar, porque é uma leitura fantástica!!!

 

Carolina Veiga, 6º E

Anúncios

Quando lerem este livro vão voar para o nome  de um menino de seu nome Bruno, que tem nove anos e mora em Berlim. Numa casa que ele adorava. Neste livro vamos conhecer o mundo  nazista e o mundo judeu. E vamos conhecer também uma vedação que separa dois mundos  diferentes , o mundo dos nazis e o mundo dos judeus. Leiam e descubram a história de Bruno e de sua família e, mais tarde, de  um amigo secreto!

 

Maria Inês, 6º E

Este livro relata a história de um rapaz adolescente, que namora,   estuda, tem amigos, sai à noite… Só que ele estava no Brasil com os  pais, pois estes precisavam de emprego. Quando ele volta para Portugal, vai viver com a sua tia Margarida, e os seus pais continuam no Brasil. Mal chegou a Portugal, soube de muitas coisas que se passaram enquanto esteve fora, o que aconteceu à namorada, aos amigos…Entretanto, a sua  tia morre. Se queres saber as novidades que ele teve quando chegou a Portugal,   se eram boas ou más… Lê este livro que é uma boa leitura.

 

Bárbara, 6º E

A Alexandra é uma rapariga muito simpática. Lá em casa e na escola todos a tratam como Xana , e ela gosta muito. A Xana tem treze anos e tem  um irmão que é mais velho; tem dezoito anos, chama-se Chico e anda na Faculdade.  A Xana não gosta da namorada do irmão, porque só usa argolas penduradas e diz que ela tem argolas de papagaios nas orelhas.

Os pais da Alexandra e o irmão Chico, estão sempre  a meter-se com ela: ”Já arrumaste o quarto?”, “Tira os livros que estão do meio do chão!” Mesmo o pai, habitualmente calado, também ajuda: “Endireita-te Xana!”. A Xana irrita-se; acha que eles são os bem comportados da casa e ela é um completo desastre. Tudo isto a deixa muito triste.

Queres saber se a família deixou de implicar com ela? Lê o livro que vais adorar!

 

Maria João Castro, 6º E

 

Voldemort está mesmo de volta! Esta é a terrível confirmação que agita o início do sexto ano em Hogwarts. O poder de Lord Voldemort continua a crescer cada vez mais e Harry Potter e Dumbledore têm de reunir forças para o combater, mas, para isso, eles têm de visitar o passado de Voldemort. Visitando o pensamento de Dumbledore, Harry e o  director desvendam alguns segredos verdadeiramente espantosos do passado de Voldemort. Mas são muitos mais enigmas que Harry terá de resolver, entre eles, um em especial – quem é o príncipe misterioso a quem pertenceu o livro de poções que o professor Slughorn lhe ofereceu? Esse livro contém conhecimentos poderosíssimos e perigosos. Queres saber quem é o Príncipe Misterioso? Queres conhecer o fantástico passado de Lord Voldemort? Queres saber como derrotar o maior feiticeiro das trevas de todos os tempos? E queres conhecer as aventuras fascinantes que Harry e Dumbledore vão ter? Se queres conhecer tudo isto, lê o livro e mergulha numa aventura espantosa.

 

 

João Capela, 6ºE

 

Este livro, que nos surpreende, tem duas partes: na primeira, surgem pequenos poemas – mas grandes no dizer – sobre o Sol; na segunda parte, e a partir da área vocabular de Sol, os autores elaboram um divertido glossário. A nossa turma, partindo desta ideia de fazer um breviário, decidiu eleger  como tema a Escola. Aqui ficam alguns mimos dos nossos trabalhos.

 

 

BREVIÁRIO DA ESCOLA

 

Recreio

 

No recreio

Damos um passo

E vemos dois namorados

A namoriscar

Com o sol a dar

E feliz!!

 

Aulas

 

Aulas de ganhar,

Aulas chatas

Aulas rotineiras

Mas do que melhor há

São as aulas de sonhar!

 

Festa

 

Os olhos

Mostram a alegria

De uma escola diferente

 

Brincadeiras

 

Quem não sabe brincar

Não sabe estudar!

 

Dias

 

Diz-me lá

Ó domingo,

Tu nunca vais à escola?

 

Amigos

 

Multiplicam a escola

Apagam as nuvens

E são como sóis:

Nascem para todos!

 

Manhã

 

Abri a janela

Para a manhã

Que me tomou de surpresa

Na manhã da escola

Esperanças hão-de vir

E então eu direi

Sou a manhã de amanhã!

 

Testes

 

Os testes

São aqueles dias cinzentos

Não apetece sair de casa

E as nuvens acordam-me

Com os pés bem de fora!

 

 

Sol

 

Pôr do sol a chegar

Escola a terminar

Sabemos que és tímido

Mas gosto de te provocar

E no teu sono ficar!

 

GLOSSÁRIO

 

 

Professor

É um rádio ambulante; às vezes apetece

desligar, mas não tem botão off.

Colegas:

A alegria da escola! E, quanto mais dividimos,

 mais multiplicamos!

Intervalo

A melhor parte da sanduíche!

Medo

O bichinho carpinteiro dos testes.

Atraso

OH! O sol esqueceu-se de me acordar…

Cantina

Lugar onde se canta sempre que um copo cai!

Ginásio

O seu suor de satisfação!

Canteiros

O arco-íris nos jardins de cimento

Mochila

Como pôr a escola atrás das costas!

Festa

A outra escola: já te convidaram?

Portão

A entrada para o futuro.

Funcionários

Os chefes do intervalo: – Dá-me já essa bola!

Alunos

Os pilotos do sonho: – Queres sonhar comigo?

Fim-de-semana

A semana em dois dias!

Férias

São duas gémeas: a Divertida e a Pachorrenta!

Sala

Às vezes inferno, às vezes paraíso…

Livros

Tantas letras e tão poucas palavras ….

Caneta

Quanto mais feliz, mais calos nos dedos…

Lápis

O tronco da árvore que dá carvão.

Namoro

O Cupido à solta!

Brincadeiras

O sal dos amigos.

Amigos

A escola a 99,9%!

Escritor

Alguém que conhece a palavra que voa!

 

  

 

 

 

Página seguinte »