Marta é a personagem principal deste  livro; ela é mãe muito cedo.  Visto que não conta com o apoio da família e do pai para criar seu  filho, Pedro, Marta vê-se forçada a ir viver para o Lar “Nova  Primavera”, onde passa a viver com outras jovens na mesma situação que  ela, e com a dona Ilídia, que a recebera de braços abertos…. Um livro impressionante, que  me fez pensar nas dificuldades que    muitos atravessam pelo país fora, pois este  mundo, infelizmente, é injusto. Espero que gostem deste livro; para mim, deixou  marcas na minha  vida de estudante…

Ana Sousa, 6º E