Este livro fala-nos de um velho e de um rapaz. O rapaz, com os seus cinco anos, foi pela primeira vez à pesca com Santiago – é o nome do velho. Saiu por oitenta e quatro dias sem apanhar nenhum peixe, os seus pais disseram ao velho que ele estava declaradamente “salao”.

Santiago era velho, magro, seco e tinha rugas profundas na parte de trás do pescoço. Tinha umas manchas castanhas na cara que o benigno cancro da pele lhe provocou  e também tinha cicatrizes, mas nenhuma destas cicatrizes era recente. 

Tudo nele  era velho, menos os olhos que eram da cor do mar, alegres e não-vencidos. Mais à frente, o velho esta a falar com um peixe dizendo-lhe que o amava, mas que mais à noite  tinha de matá-lo.

Se queres saber mais lê este livro e verás que gostarás dele!

Depois diz alguma coisa…

Andreia, 6ºD