Fevereiro 2011


      Na praça do Marquês de Pombal, já todos os pombos ansiavam pelo momento de ouvirem Colombo contar novas e íncriveis histórias passadas ao serviço dos monarcas da ilha Ma-Lu-Ka. E a verdade é que o pombo, que já viveu mais aventuras que qualquer outro, não perdeu  tempo e neste livro partilha também contigo episódios extraordinários.

      Desde a viagem até à cidade onde não acontecia nada, até à demanda pela descoberta da verdade acerca do surf, à missão de ir às Pirâmides do Egipto trazer um arqueólogo para desenterrar um tesouro e às façanhas que nunca mais acabam!

      Se quiseres saber mais sobre este pombo, só tens de requisitar este livro!!!

Daniel Alberto 5ºD

Anúncios

Era uma vez dois irmãos que moravam sozinhos com o pai em Portugal. Os seus nomes eram Joana e Diogo e o do pai era Paulo.

No princípio do ano o pai propôs-lhes o seguinte: se tirassem boas notas a todas as disciplinas, no final do período levá-los-ia ao maior acontecimento do ano de 2008: os JOGOS OLÍMPICOS de PEQUIM! Desde aí, os dois irmãos começaram a estudar todos os dias e a Joana que era má aluna a Educação Física, porque tinha uma má forma física, começou a andar todos dias de bicicleta na rua e quando chovia ia para a natação. Este esforço valeu-lhe perder 5 quilos e melhorar a prestação a esta disciplina. O Diogo teve uma apresentação de um texto a Língua Portuguesa e, como o pai lhe tinha feito a proposta dos JOGOS OLÍMPICOS, quis fazer uma apresentação sobre esse assunto. Para isso, pesquisou imenso pois queria ter um excelente trabalho. Também a sua dedicação lhe valeu nota máxima a Português.  

Do outro lado do mundo estava o Serafim, que é do planeta Orlim, a observar o Diogo na sua apresentação do trabalho porque o Serafim estava com o Universo que é o presidente do Sistema Solar, a planear os JOGOS OLÍMPICOS DE ORLIM e por isso estava muito atento.

O Serafim teve a missão enviada pelo Universo para ir à Terra por volta das 10:00 horas da noite para falar com o Diogo acerca dos JOGOS OLÍMPICO DE ORLIM. Durante a noite, antes de o Diogo ir se deitar, o Serafim apareceu no seu transporte chamado Relâmpago para o ir buscar. Mas o Diogo ficou assustado quando viu o Serafim que era tão pequeno que gritou pela irmã que,  quando chegou ao quarto do irmão e viu do que se tratava do grito, disse que era melhor chamar o pai mas o Diogo não quis. O Diogo perguntou ao Serafim o que queria ele dos dois irmãos, e o Serafim respondeu que precisava da ajuda do terráqueo Diogo para assegurar os primeiros JOGOS OLÍMPICOS em ORLIM. As crianças perguntaram como iam eles. O Serafim respondeu que eles tinham de adormecer porque só ia a alma e os seus corações.

Querem saber se eles foram a Orlim? Querem saber se ganharam alguma medalha de ouro?

Leiam o livro e ficarão logo a saber.

Ana Catarina 5ºE