Este livro conta-nos a interessante história de uma adolescente chamada Joana, que tinha como melhor amiga uma jovem chamada Marta. Para a Joana, escrever um diário seria como se estivesse a escrever para si própria, então decidiu escrever cartas a Marta. Nas cartas que escrevia à amiga, a Joana relatava o seu dia a dia, a sua tristeza, a sua alegria, a sua angústia e a sua felicidade. A Joana vivia numa casa com a sua mãe, com o seu pai, com o seu irmão que ela tratava por Pré-Histórico, e mais tarde com o Lucas, um cão que encontrara abandonado na rua. Ela achava que tinha um pai em part-time que só sabia oferecer-lhe relógios e vivia para a sua profissão, uma mãe que só se preocupava com o pré-histórico, e com a sua loja, e o seu irmão que mal lhe falava.
Queres saber mais sobre esta emocionante história? Requisita o livro na biblioteca da nossa escola.

Alexandre Vieira, 6ºA