Era uma vez um rapaz chamado Charlie. A família dele era muito pobre e a comida lá em casa levava sempre…  couves! O Charlie não gostava lá muito, mas ele comia. Quando ele ia para a escola, sentia o cheirinho a chocolate derretido que vinha de uma fábrica; até lhe fazia água na boca. Ele via muita gente a entrar para os seus postos de trabalho, na fábrica do Sr. Wonk.

 As outras fábricas não se comparavam a do Sr.wonk porque elas não vendiam a quase nada. E foi por isso que as outras fábricas resolveram contratar espiões para conseguirem as receitas secretas. Os espiões faziam-se passar por trabalhadores normais. 

Quando o Sr. Wonk soube disso, resolveu fechar a fábrica. Mas, no dia a seguir, quando o Charlie ia para a escola, viu as chaminés a deitarem fumo. Entretanto, o Sr. Wonk depois decidiu lançar um anúncio. Esse anúncio era:  Quem encontrasse um bilhete dourado dentro de uma tablete de chocolate Wonk iria fazer uma visita à fábrica. Claro, toda a gente começou a comprar tabletes de chocolate Wonk. Mas, só havia cinco bilhetes dourados. Queres saber quem os encontrou? E será que o Charlie encontrou um deles?

Lê este livro e descobrirás a resposta a estas perguntas e muitas outras situações que te vão surpreender!

João Pedro, 6ºB