Abril 2012


Neste livro, conhecemos as aventuras de um rapaz chamado Gulliver, muito sonhador que ansiava partir de barco em busca de aventuras. E foi o que aconteceu.

Mas durante a viagem o barco naufragou.

Por sorte conseguiu chegar à margem de uma ilha.

Depois, como estava muito cansado, deitou-se e acabou por adormecer.

Quando acordou, bem tentou levantar-se mas não conseguiu! Os aldeões, seres muito pequenos – Liliputianos – tinham-no prendido ao chão.

Levaram-no ao rei e Gulliver tentou dizer-lhe que não fazia mal a ninguém, mas o rei não queria acreditar. Por fim, lá convenceu o rei porque fez de tudo para mostrar que não lhes queria mal. Quando Liliput entrou em guerra ele ajudou-os, pegando nos barcos dos inimigos e atirando-os para o meio do mar.

Depois disto, fizeram uma festa em nome de Gulliver onde se juntaram todos os cozinheiros da região para dar de comer ao gigante.

Mais tarde, todos juntos, fizeram um barco para ele partir porque tinha muitas saudades de casa. E assim ele partiu!

Será que Gulliver ainda viveu mais aventuras no mar?

Lê este interessante livro e descobre!!

Tiago João

Anúncios

Esta escritora podia escrever sobre o mar ou sobre uma viagem, mas não. Escolheu antes escrever sobre uma rapariga que precisava de sossego e muito silêncio para iniciar a sua carreira como escritora. Para isso, comprou uma casa já com muitos anos mesmo pertinho da linda praia que estendia por toda a costa. Só que a jovem escritora não foi muito bem-vinda. Logo no primeiro dia, apareceu por lá um rapaz que se interessava muito pelo mar e não deixou de a chatear enquanto ela vivia naquela casa. Com  o passar do tempo, por incrível que pareça, tornaram-se amigos. E até, imagina tu, o Dunas ensinou a pequena escritora a nadar. Mas uma coisa muito má aconteceu por acaso. Já estás curioso, não estás? Então, não hesites em ler este livro que vais adorar para sempre!!!

Inês Paredes