Março 2013


    João era um rapaz normal,  como todos os outros da sua idade, a única diferença era que andava num colégio chamado “Armas de Portugal” como aluno interno. Tinha uma namorada com quem mantinha uma relação calma, mas, vendo as circunstâncias, um pouco distante, pois só estavam juntos ao fim-de-semana e pouquíssimo tempo.

    Um dia, algo de estranho aconteceu na biblioteca do colégio, e o seu melhor amigo, Guilherme, morreu…  Depois da emergência médica e dos encarregados de educação serem chamados, João desapareceu. Depois de uma noite e um dia a vaguear por entre as ruas, foi parar a uma esquadra da polícia onde se entregou, afirmando ser o culpado pela morte de um dos únicos e seu melhor amigo.

    Ninguém acreditou na afirmação do João e todas as testemunhas diziam ser um acidente.

    Este livro que acaba em lágrimas mas alegres, terá um fim não muito esperado e com muito sofrimento por parte do João. Se quiserem desvendar este mistério e descobrir quem realmente matou Guilherme, leiam o livro e entrem nas tristezas e vidas de todos os personagens…

Rafaela Amâncio, 6º C

Anúncios

      “Ninguém Perguntou por Mim”, de António Mota, conta-nos a abundante história de um rapaz sonhador chamado Abílio que dizia viver no fim do mundo, numa «aldeiazita» chamada Montepó, onde nada de interessante acontecia.

    Naquela terra esquecida por Deus, a personagem principal tinha que, por si mesma, ir atrás da diversão, e, para fazê-lo, tinha duas opções: ou contava histórias amalucadas à sua irmã Rita ou ia à venda do Renato, o único lugar da aldeia que tinha televisão e que tinha aquilo que o Abílio considerava de mais precioso na sua vida, a bela e doce Ana Teresa, um amor de longa data que apenas ele conhecia. Na sua jornada, ele conta com o apoio da sua mãe e da sua irmã que é a sua fã número 1, com os choros e gritarias noturnos que os seus irmãos praticavam regularmente, com os conselhos da Tia Olinda e com a ajuda do seu irmão António que tem um segredo que, mais no final da narrativa, virá a arrasar o Abílio por completo.

Queres saber que segredo é este e que efeito terá no Abílio? Chegará então ao namoro o amor que ele sente pela Ana Teresa? Se sim, haverá alguém a interferir nele? Irá acontecer algo às restantes personagens? Se quiseres saber isto e tudo mais, lê este fabuloso livro que se encontra na Biblioteca na nossa escola.

José Pedro Marques,  6ºC

    Este livro foi escrito por Gossiny e ilustrado por Sempé há mais de 30 anos, no entanto relata uma realidade que ainda é muito actual, que é a vida das crianças. Nele encontras dezasseis  histórias e a personagem principal é um menino chamado Nicolau.

    O Nicolau é um menino bem-educado, às vezes também faz as suas traquinices, mas é curioso e um bocado chorão. Ele acha a vida adulta muito aborrecida e pensa que a vida das crianças é mais livre.

    A história que eu vou contar é “As cadeiras”.

    Bem, para o Nicolau o dia de escola não foi aprender, foi brincadeira. Quando chegaram à escola, de manhã, a sala de aula estava inundada e a turma teve de ir para a lavandaria. Era um lugar desconhecido, porque era proibido lá entrar. Então a professora lembrou-se que não havia cadeiras, por isso escolheu alguns alunos para irem à cantina que lá estava o funcionário Caldo. E o Nicolau foi escolhido, com outros meninos. Foi uma confusão!!!Ele foi substituir o Godofredo, o Maixent foi substituir o Eudes que substituiu o Alceste e o Clotário ainda fez mais duas idas e voltas desnecessárias. Foi então que a professora disse que já estavam cadeiras a mais. Então, de repente, o Caldo apareceu e, ouvindo aquilo, fez mais duas viagens para levar as cadeiras que restaram. Mas no fim das aulas …

Se quiserem saber o que aconteceu, leiam este livro!  EU ADOREI! É mesmo muito engraçado e retrata bem a vida das crianças.

Letícia Fonseca, 5ºD

    Esta história fala-nos de uma gaivota que, por grande azar, foi apanhada por uma maré negra enquanto pescava um arenque. Esta gaivota tinha o nome de Kengah e, depois de uma onda espessa a ter coberto por completo, tentou sacudir-se o mais possível para que pudesse ver e tentar levantar voo. Depois de muitas tentativas, lá conseguiu levantar-se uns palmos do mar e, com muito esforço, voou ainda mais alto e quando deu por ela estava em São Miguel. Já com muito cansaço, não aguentou mais e fez uma aterragem brusca numa varanda onde se encontrava Zorbas, um gato grande preto e gordo. Kengah tinha um ovo e pediu ao gato que lhe fizesse três promessas:

    – não comer o ovo;

    – cuidar do ovo até a gaivotinha nascer;

    – ensinar a gaivotinha a voar.

    Zorbas prometeu e foi de imediato pedir ajuda. Chegado ao restaurante, pediu a Secretário para miar com urgência a Colonello e, depois de lhe contar o sucedido, decidiram miar com Sabetudo, que morava no bazar.

    Que resolução terão encontrado eles? Será que Zorbas vai cumprir o prometido? Se quiserem saber, leiam o livro.

Liliana Freitas, 6º C

    Rita é uma rapariga que vive com os seus pais, Irene e Henrique.

    No Sábado em que fez quinze anos, Rita acorda muito bem disposta e vai direta para a cozinha onde está Gracinda, a empregada da sua casa que a felicita pelos seus quinze anos. Rita pergunta pela sua mãe, Irene, e pelo seu pai, Henrique e, nesse mesmo momento, tocam há porta e ela vai abrir. Depara-se com um homem muito bem vestido  que trazia nas mãos um presente. De seguida  diz ” Parabéns Rita! “, entrega-lhe o presente e vai-se embora sem Rita poder perguntar quem era aquele indivíduo ou, pelo menos, agradecer-lhe o presente.

    Rita entra em casa e vai logo abrir o presente. Dentro da caixa estava uma moldura com uma fotografia de um bebé ao colo de um jovem muito parecido com o homem que acabara de lhe entegar o presente. Rita tirou a fotografia da moldura na esperança de encontrar uma data mas….. nada.

Se querem saber que é este misterioso homem, leiam este livro!

Joana Ribeiro, 6ºC

 

    Durante uma visita escolar a Lisboa, Joana Jorge e Joel fazem descobertas sobre uma associação criminosa cujo nome era “Clube dos Dois Relógios”, mas ninguém sabe nada sobre os seus membros, o que pretendem, ou onde é que o clube se localiza.

    Descobrem uma mulher que não o é, um bebé que pelos vistos é um robô chamado Óscar, e ainda um amigo invisível que caça nazis e adora hipopótamos.

    Fazem um novo e sensacional amigo, chamado Miguel que tinha a alcunha de “001”, que lhe tinha sido dada pelo tio Cirilo da Gama um físico famoso.

    Ao serviço de sua majestade? Sim, Jorge, Joana, Joel e Miguel estão ao serviço de sua majestade, a rainha de Inglaterra mas nem eles próprios sabem disso…

    Para compreenderem esta intrincada trama, leiam este livro! Eu gostei muito pelo mistério e pelos acontecimentos inesperados.

Duarte Fonseca, 6ºC

   Este livro fala de uma menina chamada Nikki  que tinha um diário, onde escrevia todos os dias,não se imaginava a viver sem ele. Um dia, à noite, ia escrever no seu diário e repara que está desaparecido. Muito preocupada, procuro-o por toda a parte: na escola, em casa, … O maior medo de Nikki era que alguém lesse o seu diário, pois tinha coisas patetas e muito esquisitas, ainda por cima tinha de quem ela gostava….

Aos leitores deste breve resumo, deixo-vos uma pergunta:

SERÁ QUE ELA ENCONTROU O SEU DIÁRIO, OU  NUNCA MAIS O VOLTOU A VER?

Beatriz Castro, 5º D

Página seguinte »