O livro “Noites no Sótão”, de Maria Teresa Maia Gonzalez, conta-nos uma fase da vida de Dinis, um jovem de 18 anos, com boa aparição física e também psicológica, sendo muito bom rapaz, que saiu de casa precisamente quando atingiu a maioridade por causa de ter ido parar ao hospital com um braço partido devido às cenas de pancadaria que o seu próprio pai praticava praticamente todas as noites para com toda a sua família: a sua mãe Angélica Gomes, o seu irmão Tó Bé e a sua irmã Filomena, à qual tinha o hábito de chamar Mena.

    Depois de abandonar o seu lar, Dinis decide apresentar queixa dos atos do seu pai à polícia, perdendo o apoio de toda a sua família, com a excepção dos seus avós maternos, que sempre apoiaram a sua decisão; entretanto, à medida que os vários elementos da família e respetivos amigos vão sendo chamados a testemunhar no tribunal, Dinis vai perdendo força no caso e acaba por retirá-lo da justiça jurídica. Ao longo da história, Dinis também vai contando com o apoio do seu melhor amigo Duarte que lhe dá local onde viver e da sua amiga Maria, que é completamente apaixonada por ele, como muitas outras!

Será que Dinis se vai conseguir ver livre deste pesadelo juntamente com a sua família? Voltará ele a encontrar o pai e, aí, enfrentá-lo? Será que Maria conseguirá conquistar o coração de Dinis? E os seus avós maternos, acontecer-lhes-á alguma coisa? Se quiseres saber isto e descobrir muito mais, lê este livro com o qual aprenderás que ninguém, mas mesmo ninguém, consegue obter uma vida fácil com um simples estalar de dedos…

José Pedro Marques,  6ºC