Joel, uma das personagens deste  triângulo composto por três jovens, foi ao café para se despedir da Marta, a sua namorada, pois ia com os seus amigos (Jorge e Joana) fazer um acampamento no Algarve. Lá, encontrou-se com uma menina que se chamava Ariane. Ela era muito bonita, tinha um olho de cada cor: um era azul que refletia o céu, e o outro era verde que refletia o mar. Para além disso, ela tinha também alguns poderes. Enquanto Marta, a namorada de Joel, foi à casa de banho, ele resolveu seguir a menina misteriosa. Esta entrou num museu acompanhada de sua madrinha, dirigindo-se para a sala do museu onde estava exposta a pedra de Marte, pedra que era muito valiosa. Ariane com os seus poderes roubou a dita pedra. Joel assiste a tudo. Gera-se uma grande confusão, elas ficam com medo que ele as denuncie. É então que Joel mete a mão no bolso para procurar um lenço de papel e sentiu uma coisa dura. O que seria? Coloca a mão novamente e descobre que a pedra estava com ele. Espantado, olhou para rapariga, mas ela baixou o olhar, tal como a sua madrinha.

    Se quiserem saber como a pedra foi parar ao bolso do Joel vão à biblioteca e requisitem este livro – vai vos surpreender!

Diana Castro