A história fala-nos de uma rapariga chamada Rose. Ela vivia com os avós e adorava o avô. Ele era um homem alto e magro, de cara larga e muito carinhoso.

   Um dia, Rose estava a acordar e os avós já estavam de pé a tomar o pequeno-almoço, quando ela persentiu que algo estava a acontecer. Decidiu falar com o avô e perguntar-lhe se se passava alguma coisa. O avô limitou-se a responder que não. Passados alguns dias, um senhor chegou à casa dela e disse:

   “- Vem Rose. Anda para casa.” Aí ela percebeu que era o pai. Desatou a chorar, mas o pai, para lhe agradar, disse:

   “- Vem, eu dou-te um vestido de seda, daqueles que tanto gostas.”

   Se quiseres saber o que aconteceu à Rose na casa do pai lê este livro. Vais ficar a saber como é que Rose se transformou numa heroína da vida.

António Rafael