A primeira  ideia que me ocorreu  quando li este título é que seria uma história de piratas. E assim foi. Um baú dera à costa e uma faroleira abriu-o e descobriu um livro. Em casa, sentada na sua poltrona, começa a admirar as letras quase gastas pelo tempo e contempla  as ilustrações. Para seu espanto, a primeira ganha vida! Um pirata que se apresenta e que se chama Billy  Bones. Este conta-lhe os cinco primeiros capítulos do livro, acompanhado de um bom copo de rum.

     E tudo começa porque Billy Bones tinha sido da tripulação de Flint. Este era um pirata temido e, segundo  rezava a história, ele teria um mapa de um tesouro. E sim, existia mesmo  porque este encontrava-se na posse de Billy Bones .

     Muitas peripécias se desenrolarão durante a história …  Para saberem o resto da aventura, terão de ler o livro!

Maria João