Setembro 2015


    Matilde é uma rapariga sobredotada que vive numa família meia “tolinha”. Este livro conta a história de uma pequenina menina chamada Matilde que vive com uns pais que não gostam dela, pois ela é bem-educada e só se preocupa com as suas leituras e os seus pais obrigam-na a ver programas televisivos que não interessam para nada, nem a fazem crescer. Quanto ao irmão, é um mal criado que não quer saber da escola nem de ler livros e só se interessa por televisão e comida, tal e qual o que os pais querem que ele faça.

    Esta menina era muito novinha para ir à escola e por isso passava os dias sozinha em casa. Um dia, ela apercebe-se que na sua cidade existe uma biblioteca pública e decidi ir visitá-la sem dizer nada aos seus pais.

    Matilde, quando chega à biblioteca, parecia que estava no seu paraíso, só via livros e mais livros e mais livros. Foi ter com a funcionária da biblioteca, a Sra. Felps, e perguntou-lhe onde estavam os livros da secção das crianças e a senhora indicou-lhe o local. A partir daquele dia a Matilde passara a frequentar a biblioteca todos os dias. Passadas algumas semanas, ela vem ter com a Sra. Felps e surpreende-a ao dizer que já acabará de ler todos os livros da secção infantil.

    Se quiseres saber o que vai acontecer quando os seus pais souberem que ela anda secretamente a ler livros, lê este livro, pois vais descobrir uns certos poderes ocultos que Matilde utiliza para “ensinar” os seus pais.

Alice Martinho

Anúncios

O João tem teste de matemática e o pai prometeu-lhe uma formidável bicicleta Ralling se ele tivesse uma boa nota. Só que o teste, composto por um único problema, é incompreensível. E, pior ainda, irresolúvel! O João inventa uma história para compreender o problema, que, pouco a pouco, se vai tornando mais claro. A história é interessante, mas o problema ainda não está resolvido quando toca a campainha. A folha de teste do João está em branco e o professor arranca-lha das mãos!!

E depois, será que o João teve outra oportunidade para resolver o problema?

Vai à biblioteca da nossa escola e descobre mais ao leres esta bonita história.

Inês Ferreira