10262_4    Este livro conta-nos a história de um menino que vivia com os seus pais na Inglaterra, mas que de vez enquanto ia visitar a avó que vivia na Noruega. Um dia, quando a família ia visitar a avó, tiveram um acidente, mas felizmente o menino conseguiu sobreviver. Depois, o menino foi viver com a avó na Noruega e a sua avó contava-lhe várias histórias sobre bruxas e como identificar uma, pois,  como a avo dizia, na Noruega havia muitas bruxas.

    Passado algum tempo, entrou em casa da avó um senhor de fato preto com uma pasta na mão e foi falar com ela. A seguir, a avó foi ter com o neto e disse-lhe que se tinham de mudar para a Inglaterra. Quando já estavam instalados na antiga casa do rapaz, quase a chegar as férias de verão, a avó prometeu-lhe que iam passar as férias a Noruega, mas devido a uma doença já não puderam ir e acabaram por passar as férias num hotel.

     Ao entrarem no hotel, foram recebidos por um diretor muito simpático que lhes indicou o quarto onde iam ficar. Quando  chegaram ao quarto, o rapaz começou logo a brincar com os ratos brancos que  a avó lhe tinha dado; a empregada ao ir limpar o quarto viu os ratos e começou a correr como tolinha até ao diretor do hotel. Este, quando ouvi a empregada, foi logo ter com o menino e disse-lhe que ou nunca mais tirava os ratos da gaiola ou os mandava dar uma volta para outro lado. O menino saiu do quarto e foi procurar um sítio onde pudesse brincar com os ratos sem ninguém o ver. Logo encontrou uma sala grande que tinha um cartaz grande a dizer “Reservado proteção contra as crianças”; ele entrou e instalou se atrás dum boneco e ficou lá. De repente, entraram muitas mulheres bonitas onde estava o rapaz inocente que não sabia quem elas eram. Passado um pouco, todas as raparigas que eram bruxas tiraram as perucas, sapatos e luvas. O rapaz começou a tremer com medo do que elas lhe podiam fazer. Quando a reunião anual das bruxas acabou, uma delas sentiu o cheiro a crianças e logo o encontraram.

A pergunta que eu deixo é: Será que o menino vai conseguir salvar-se? Se não, o que lhe vai acontecer? Surpreendam-se com este magnífico livro!

Leonor Rodrigues