“Uma vez, no maior, mais castanho e mais lamacento rio de África, estavam dois crocodilos com a cabeça à tona de água. Um dos crocodilos era enorme, o outro não era assim tão grande.

        -Sabes o que me apetecia hoje para o almoço? – perguntou o enorme crocodilo.

        -Não, – respondeu o amigo. – O que era?

        O enorme crocodilo, mostrando os seus enormes dentes bem aguçados, disse que lhe apetecia comer uma criancinha muito suculenta.

        – Nunca comi crianças – acrescentou o amigo, – só peixes.

        -OH!OH!OH – exclamou o enorme crocodilo. Aposto que se visses por aqui uma criancinha gordinha e suculenta que a comias logo numa só dentada.

        -Não comia nada! – disse o amigo. -As crianças são duras, a carne parece borracha e sabe mal, é amarga.

        -O que é que é dura, que parece borracha, é amarga e sabe mal? – perguntou o enorme crocodilo. – Só dizes disparates, as crianças são suculentas, uma delícia!”

        Queres ficar a saber se o enorme crocodilo realmente comeu uma criança? E será que o outro crocodilo gostará de crianças com açúcar? Não, não tenhas medo! Vais adorar conhecer o caráter destes dois animais!!

Cláudia

Advertisements